ESCOLA INDÍGENA AGUSTINHO REALIZA MOSTRA CULTURAL

porValdomiro Cardoso

ESCOLA INDÍGENA AGUSTINHO REALIZA MOSTRA CULTURAL

As oito escolas indígenas da região de Dourados desenvolvem durante todo ano de 2019, diversas atividades para valorizar os Saberes Indígenas na Escola em torno do tema gerador Tekoha Marane’y – Aldeia de Males.

No mês de novembro haverá uma grande mostra cultural de todos estes trabalhos na Escola Tengatui Marangatu. Na manhã de hoje (25), a escola que apresentou os trabalhos em preparação como, por exemplo, escrita e rescrita de livros de literatura indígena, grafismo, pintura, música e teatro.

A diretora da Escola, Fernanda Dourado, da etnia guarani, afirmou que a valorização da língua e dos saberes indígenas estimulam a potencialidade dos jovens indígenas, sua criatividade e dedicação aos estudos.

De acordo com a professora guarani Teodora de Souza, coordenadora do Núcleo de Educação Indígena da Secretaria Municipal de Educação, a educação escolar indígena vive um momento de afirmação étnica como resposta diante da verbalização e publicação de tantos preconceitos contra os povos indígenas e suas culturas que tanto contribuiu e ainda contribuem na formação da sociedade douradense e brasileira.

Esta e outras atividades nas escolas indígenas contam com o apoio do projeto Ação Saberes Indígenas na Escola e Tekoha Marane’y, desenvolvidos em parceria entre o Núcleo de Educação Escolar Indígena da Prefeitura Municipal, Missão Evangélica Caiuá, Associação Salvare e Faculdade Intercultural Indígena da UFGD.

Rede Social

Sobre o Autor

Valdomiro Cardoso administrator

Deixe uma resposta